Violência contra a Mulher
06
abr

Violência contra a Mulher

Violência contra a Mulher

Durante o período de isolamento social recomendado pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como forma de conter a propagação do novo coronavírus (Covid-19), o número de violência doméstica aumentou no Rio de Janeiro e em todo o país.

Nós, do SINTIFRJ, preocupados com o aumento dos casos e na tentativa de trazer informações de como as mulheres podem procurar algum tipo de apoio, publicamos aqui um vídeo da jornalista e uma das editoras da Revista Brejeiras, Camila Marins.

Camila alerta sobre o não cumprimento da lei Maria da Penha. Além disso, explica que muitas mulheres, principalmente as mais pobres não têm acesso às informações. Por isso, se você conhece algum caso ou se você é vítima, denuncie!

Conhece algum caso de violência contra a mulher ou você mesma quer fazer a sua denúncia? Ligue para os números abaixo: 

Mulheres vítimas de violência no Rio podem registrar denúncia pelo Ligue 180 do governo federal ou acionar a polícia militar no 190. Podem ainda registrar boletim de ocorrência junto à delegacia da mulher, que continuam funcionando 24 horas por dia em todo o estado. Atendimento especializado na Defensoria Pública que segue em funcionamento, mas à distância pelo e-mail nudem.defensoriarj@gmail.com e/ou por telefone 2332-6371.

Assista nas nossas redes o vídeo com Camila Marins: 

https://www.instagram.com/p/B-XIdwZJwXZ/?igshid=1nnqgtc8wnqq6

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=2608656409377617&id=1821148991461700

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *