DestaquesMatérias

Festival Resistir por Direitos na UERJ

Na tarde do dia 12 de dezembro, foi mais um dia de luta e resistência na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Inúmeros movimentos sociais e organizações de direitos humanos realizaram um grande festival para lembrar o dia dos Direitos Humanos.
Na atividade, algumas rodas de conversas foram protagonizadas por movimentos para debater racismo, feminismo, violência policiais, sindicalismo, comunicação comunitária, direito à cidade, educação e saúde pública, dentre outros temas.
Além das rodas de conversas, apresentações culturais preencheram o dia. Muitas barracas também foram montadas para distribuição de cartilhas, folders, panfletos e jornais. Muitos estudantes e trabalhadores passavam e tiravam dúvidas sobre atendimentos e encaminhamentos de casos de violações de direitos ocasionados pelo Estado.
Na parte da noite, apresentações musicais tomaram conta do evento com a presença de Teresa Cristina, Coletivo Xica Manicongo, Kostall Clã e Supremacia Records, Primavera das Mulheres, Julião do Jorge Turco e MC Lacerda, Toninho Geraes, Lucio Sanfilippo e Afrolaje.
A diversidade nos temas, nos debates, na arte e nas falas foi garantida por causa do processo de construção coletiva. Todo o ano, movimentos organizam atividades como estas em locais públicos da cidade para debater e lembrar o dia dos direitos humanos.

Compartilhe!

Comment here